Conecte-se

Novidade

A INVENÇÃO DO SILÊNCIO: UMA PROVOCAÇÃO ENTRE IMAGEM E SOM

Em algum momento já estivemos em completo silêncio?

A Invenção do Silêncio
Foto: Alexia Fidalgo

Observar, encarar, ouvir e ver o som como objeto. Esses são alguns dos pontos que guiaram o pensamento de Malu Serafim na construção da proposta curatorial da exposição digital “A Invenção do Silêncio”. Segundo a artista, essa mostra “é o resultado de uma pesquisa sobre a transdisciplinaridade sonora, percebendo em quais momentos a dimensão visual nos influencia na condição criadora da escuta”.

A exposição foi construída como parte do trabalho de conclusão de curso de Malu – que é bacharel em Artes Visuais pela Universidade de Brasília. Pontuar esse fato revela algumas camadas do material proposto e apresentado. Para além das formalidades acadêmicas a curadora conseguiu jogar luz sobre sobre a maneira como olhamos para os sons que fazem parte de situações cotidianas ou artísticas. Além disso, há um questionamento que perpassa a exposição: em algum momento já estivemos em completo silêncio?

Com esses apontamentos em mente Malu convidou 17 artistas: Bruna Reis, Giovana Granjeiro, Pedro Godoy, Gustavo Silvamaral, Caio Caldas, Victor Yrigoyen, João Trevisan, Stenio Freitas, Thiago Granai, Cecília Lima, Yna Kabe, Rômulo Barros, Brida RibeiroAbajur -, Vitor Assunção, Daniel Matsumoto, Guilherme Chagas e Isadora Almeida, buscando estabelecer um diálogo ao redor das inquietações que a levaram a desenvolver essa pesquisa.

Quando entramos na exposição vemos diversas imagens povoando a página. Primeiro, as imagens nos atingem, daí fazemos uma seleção – arbitrária – baseada no que nos chama atenção. Em um segundo momento, já de frente pra obra escolhida, um convite aparece: podemos nos demorar ali ou clicar no botão vermelho no canto superior esquerdo e escolher outra obra.

Cada convite abre um universo. Cada convite revela um tipo de som – direto, indireto, estridente, calmo, etc -.

Todas as obras apresentadas foram criadas especialmente para essa exposição. A navegação por esse espaço virtual permite deslocamentos e passeios – diante de um cenário pandêmico essa é uma boa forma de conhecer outros horizontes. Ora somos atingidos por um som fantasmagórico – como é o caso do vídeo arte “Carretel” da Abajur -, ora vemos 21 imagens/colagens impregnadas de preto que dão uma sensação de ruído – é o caso da obra “Silêncio Absoluto” de Stênio Freitas -, ou pode chegar até nós o som de uma vaca sendo ordenhada – Rômulo Barros nos possibilita essa experiência em sua obra “Sem Título” -. Os caminhos são múltiplos.

Diante das possibilidades de contato com o som, Malu afirma que “A Invenção do Silêncio é o poder do ouvinte, o poder de quem pode trazer a presença do som para si” ou “pode escolher sua ausência”.

Desejo e curiosidade toma espaço. A percepção do que nos atrai – enquanto som ou enquanto imagem – é uma das entradas para essa exposição.

As provocações de Malu Serafim inventam o silêncio na medida em que convoca o(a) espectador(a). Essa invenção só é colocada em xeque se o espectador escolher agir. É possível dizer que a exposição nos convida a perceber – ou ao menos pensar – o silêncio atrelado ao som, como duas faces de uma mesma moeda.

O lettering da exposição foi feito pela artista brasiliense Rachel Denti e o site foi desenvolvido pela designer brasiliense Juliana Verlangieri.

Observação técnica: é necessário que o visitante entre na exposição por um computador.

https://ainvencaodosilencio.com/

Escrito por

Poeta, artista visual, co-fundadora do Clube de Colagem de Brasília, formada em Letras pela Universidade de Brasília e especialista em Fotografia pela Faculdade Unyleya. Contribui para o jornalismo cultural há 4 anos, atualmente colabora com o site Música Pavê e com o S.O.M.

Clique para comentar

Deixe uma resposta.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA MAIS

Karol Conká Karol Conká

Karol Conká: “Nutra sua coragem, sem ela é difícil”

Entrevista

As Baías As Baías

AS BAÍAS ANUNCIAM LIVE EM CELEBRAÇÃO AO MÊS LGBTQIA+

Novidade

Xauim lança Flutuântico Xauim lança Flutuântico

EM DISCO DE ESTRÉIA XAUIM NAVEGA POR ATLÂNTICO DA DIÁSPORA AFRICANA

Entrevista

Tolentino Tolentino

Tolentino: Um artista do tipo que a gente não pode duvidar

Entrevista

S.O.M. — Sistema Operacional da Música — Desenvolvido por Mídia NINJA, Fora do Eixo e Hacker Space.

Siga!