Siga!

Novidade

AS BAÍAS ANUNCIAM LIVE EM CELEBRAÇÃO AO MÊS LGBTQIA+

Show acontece dia 27 ao vivo do topo de um prédio em São Paulo, com MC Rebecca, Tassia Reis, All Ice, Gloria Groove e Gil do Vigor

As Baías
Foto: Rodolfo Magalhães

O anúncio durante coletiva de imprensa via Zoom com As Baías revela como vai ser a Live do Orgulho no domingo dia 27. O S.O.M esteve lá mais uma vez para conversar com a banda e conta tudo pra vocês. Relembre nossa última entrevista com As Baías clicando aqui.

A Baías, banda que tem a diversidade em seu DNA por ser formada por duas mulheres trans e um hétero cis, sempre estiveram engajados em causas e ações em prol da inclusão social, vai celebrar junto a participações super especiais a “Live do Orgulho”.

O trio, que nasceu em apresentações nas festas da faculdade, ultrapassou o campus da USP. O talento de AssucenaRaquel Virgínia, e Rafael Acerbi conquista novos espaços Brasil a fora. “Arte é romper muros, romper barreiras”, diz Assucena e continua: As Baías é uma fisionomia da sua gênese. O amor por cantar músicas de diferentes estilos e gêneros musicais”.

De Gal Costa ao Clube da Esquina, do mundo geek ao sertanejo a banda foi se consolidando no cenário artístico pelo talento nos vocais, a força das composições e como referência na luta por respeito, igualdade e diversidade. É muito através dos feats conta Raquel: “Os feats estão colocando As Baías onde elas nunca estiveram, com o Péricles por exemplo saímos em todas revistas de pagode e com a Luiza ganhamos um público de 13 e 14 anos que nós não tínhamos”, e ainda rebate que “A live vai condensar os lançamentos que foram feitos durante a pandemia do que propriamente spoiler de um novo trabalho”.

O setlist da apresentação se encontra no final desta matéria.

“O que as Baias querem propor com essa live é um novo olhar para o que deveria ser uma parada LGBTQIA+ inclusive quanto aos recortes sociais”, conta Raquel Virgínia.

Assucena ainda destacou que o objetivo “é fazer uma boa live, a banda ensaiou muito focada nisso e teremos algumas surpresinhas que colocará as Baias em um terreno que nunca nos aventuramos antes. Vamos levar cor, coragem, brilho ao topo, para quando o público levantar a cabeça vai enxergar muitas cores”.

Sobre a importância da live Assucena fala do desejo em popularizar o trabalho da banda: “Faz algum tempo que As Baías tem sonhado em ocupar um lugar de destaque na Parada LGBTIA+ de São Paulo. Por ironia e por oportunidade, nós faremos o nosso maior projeto de show numa live, em meio a uma pandemia. Essa live se alinha ao nosso projeto de popularização de nossa música e de autoafirmação do lugar das pessoas Trans e Travestis nos espaços de poder, portanto de destaque.”

”Sempre foi um objetivo da banda ter esse espaço na Parada LGBTQIA+, carregamos em nosso DNA a diversidade não apenas na música, mas em nosso dia a dia, somo duas mulheres trans e um hetero cis, eu mulher trans preta de periferia de São Paulo, Assucena mulher trans nordestina e o Rafa homem hetero de Minas Gerais de uma família mais conservadora. Queremos muito ocupar esse nosso lugar de fala para conquistarmos de fato nosso lugar de fala” complementa Raquel Virgínia.

As Baías

Foto: Leonardo Franco

Rafael Acerbi relata sobre a dificuldade em construir um conteúdo audiovisual que substitua os shows: “Está live é um dos projetos mais ambiciosos que as baias já construiu. E tudo fica mais difícil numa pandemia. Tenho reparado que existe um cansaço tanto dos artistas quanto do público em relação às lives como um todo. Realmente é muito difícil construir um conteúdo audiovisual que impacte e substitua pelo menos por agora os shows presenciais. Nossa tentativa nessa live será de construir algo novo no Brasil, impactante e emocionante, que crie uma interatividade com o público em casa.”

A live que acontece no dia 27 de junho, será uma experiência musical inovadora e interativa para o público, com transmissão ao vivo do topo de um prédio no centro de São Paulo, e contará com as participações de MC Rebecca, Tassia Reis, All Ice e Gloria Groove, além da narrativa de Gil do Vigor e outras surpresas para que juntos possam impulsionar a mensagem de persistência, luta e inspiração para a  comunidade LGBTQIA+.

Mas afinal, o que esperar da live d’As Baías

Assucena: Muito brilho, futurismo e figurinos desenhados pela Bianca Jarrara

MC Rebecca: Muita coreografia

 

S.O.M: Quais foram as influências?

Tassia Reis: Do samba ao Hip Hop passando pelo pop mundial e clássicos brasileiros como Dona Ivone Lara, Alcione… Cada dia quero mais jogar, gosto de jogar e experimentar.

All Ice: Não sou só uma MC do Rap, faço zine, canto dance house, ritmos jamaicanos entre outras coisas.

O primeiro EP de Ice chama “Quebra das Algemas” justamente para derrubar estes estereótipos: “Ninguém precisa ficar preso a umas caixinhas” complementa.

MC Rebecca diz que: “É necessário buscar sair da zona de conforto” como cantora de funk que não quer ficar só nessa prateleira do funk, “quero fazer arte, fazer música”.

Vocês vão cantar uma versão de “Freedom” com Gloria Grove como se deu isso?

Rafa: Eu produzi, essa versão faz parte da campanha do Doritos, um grito de liberdade e que trouxemos para um tom mais com banda, um hino que tem seu resgate com muita potência com Gloria, Rachel e Assucena.

Não poderia faltar a pergunta sobre posicionamento político ao que Tássia manda logo um “Fora Bolsonaro” e diz que não é caso de se posicionar ou não se posicionar, ela por si só, pela sua presença é um ser político. Assucena ponderou que o posicionamento é natural mas que não pode ficar restrito a esquerda ou direita, e que o posicionamento é artístico também.

A live tem como patrocinadores Doritos, Amazon, e Converse.

Repertório

1. DÊ UM ROLÊ 

2. PAGU

3. MATRIA

4. CARNE DOS MEUS VERSOS

5. JAQUETA AMARELA 

6. O TEMPO NÃO PÁRA 

7. MALANDRAGEM 

8. MÃE 

9. DAS ESTRELAS 

10. MUITO EU TE AMO 

11. VOLTA

12. PRIMEIRO BEIJO 

13. DRAMA LATINO 

14. NOSSO APARTAMENTO 

15. VOCÊ E DO MAL 

16. QUARTO ANDAR

17. BONEQUINHA

18. FREEDOM

19. ONÇA 

20. A COISA TÁ PRETA

21. CORAGEM

 

 

Escrito por

Comente!

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA MAIS

Sons da Semana Sons da Semana

SONS DA SEMANA: KAÊ GUAJAJARA, LUIZ LINS E BELLA KAHUN E MAIS!

Lançamento

Marcelo Amaro Marcelo Amaro

“FAZER SAMBA É UM ATO POLÍTICO”, DESTACA MARCELO AMARO

Entrevista

Romero Ferro Romero Ferro

ROMERO FERRO ASSINA COM OLGA MUSIC E DÁ INICIO A NOVA ERA

Novidade

Carnavais de Rua Carnavais de Rua

CRUA: CARNAVAIS DE RUA E ATIVISMO

Entrevista

S.O.M. — Sistema Operacional da Música — Desenvolvido por Mídia NINJA, Fora do Eixo e Hacker Space.

Connect