Siga!

Lançamento

“Ikê Maré” primeiro disco solo de Julico do The Baggios é imaginário

Disco apresenta elementos da natureza e do cotidiano.

Ikê Maré
Foto: Victor Balde

As palavras “Ikê Maré” não existiam até o lançamento do primeiro trabalho solo de Julico, do The Baggios, nesta sexta (30/10). Com sonoridades que vão da psicodelia ao soul, com a brasilidade que se encontra nas veias do músico sergipano, o álbum se apresenta com 13 faixas e ótimas participações, como a de Curumin em Todo Santo Dia.

A vivência da construção do disco de estreia traz Julio Andrade envolto em pensamentos relacionados ao tempo e os ciclos que o envolvem. Em Aonde Viemos Parar, versos entoam em coro sobre a necessidade de sair da rotina e se voltar para dentro: “perder-se para encontrar-se, um rito que nos move”.

“Todo Santo Dia” traz participação ilustre de Curumin. Bastante dançante e brasileira, a música fala sobre a luta diária, a sina de tentar e achar uma saída em meio ao caos: “todo dia é santo e nunca é tarde para pelejar.” No instrumental, samba, brasilidade e as guitarras de Julico se juntam para fazer da faixa parte memorável da obra.

Além das características guitarras, o violão rouba a cena na faixa Outrora que se inicia com o instrumento, na letra percebemos uma querência por uma ruptura com o tempo para uma retomada de ar, de respiração com o próprio eu, quem somos, o futuro, o presente, junto aos ensinamentos que vem.

Além do Curumin, a cantora sergipana Winnie também se destaca ao juntar a voz com a de Julico nas faixas “Aonde Viemos Parar”, “Surfista de Trem” e “Paramopama/Vaza-Barris”.

“Ikê Maré” nos convida a viajar para dentro, em uma mistura de ritmos que ao final da obra nos faz passar por diversos momentos de reflexão, dança e renascimento. Tire um tempo no seu dia e faça essa viagem imersiva:

Escrito por

Jornalista com um pé na publicidade. Apaixonada por tudo que envolva criatividade, seja pintura, música ou artesanato. Ama escrever sobre sons e sentimentos.

Comente!

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA MAIS

Karol Conká Karol Conká

KAROL CONKÁ: “NUTRA SUA CORAGEM, SEM ELA É DIFÍCIL”

Entrevista

"sonhoRuim" "sonhoRuim"

O HYPERPUNK NO ”SONHORUIM” DE JOE IRENTE E RAFOUZA

Novidade

Tolentino Tolentino

Tolentino: Um artista do tipo que a gente não pode duvidar

Entrevista

“Supermodel” é o single que apresenta a carreira musical de Halessia

Entrevista

S.O.M. — Sistema Operacional da Música — Desenvolvido por Mídia NINJA, Fora do Eixo e Hacker Space.

Connect