Conecte-se

Lançamento

RS MUSIC PLAY: A novíssima música do Rio Grande do Sul ganha coletânea com singles e clipes

Agnes e Pretana, Charles Frutas, Eveliny, Viridiana e Zanzar lançam single-clipes nesta edição

A conferência RS Music Lab começou na última segunda (7), com painéis, mentorias uma imersão colaborativa no universo musical e da criatividade. Refletindo sobre inovação, criação de redes e o futuro da música, cinco artistas e 15 agentes culturais se uniram a um time e mentores e além da programação, lançam agora a Coletânea RS Music Play. Esta é a terceira etapa do projeto que começou em março em versão totalmente online.

Apresentando a diversidade e a potência da novíssima música do sul do mundo, Agnes e Pretana, Charles Frutas, Eveliny, Viridiana e Zanzar se engajaram num processo de criação coletiva, em isolamento, que resultou em cinco narrativas poéticas plurais. Um registro histórico, o retrato de um momento que traz grandes desafios e outra sensibilidade para a música.

RS Music Play inicia com Agnes e Pretana apresentando o projeto Bucepretas, que traz a força do empoderamento da mulher negra, como um grito de liberdade das vozes que são silenciadas historicamente. “Bucepretas é um grito de afronta, portanto, colocar como eu me sinto e como eu quero que os meus se sintam em uma música, pra mim é libertador”, diz Pretana.

Na segunda faixa vamos conhecer o trabalho de Charles Frutas, cantautor de Caxias do Sul, com “Se Você Ligar”.  Segundo Charles, a música fala sobre as perguntas que fazemos para nós mesmos quando falamos de amor, embalada por um ukulele e esperando fazer todos dançarem e se sentirem melhores. 

Logo após chega “Papai Fugiu”, single de estreia do projeto solo de Evelíny, vocalista da banda Geringonça de Santa Maria. Com provocação aos papéis de gênero na sociedade, a compositora questiona com ironia e humor a desigualdade nas relações. “A vivência de mulher, mãe, trabalhadora e artista foi determinante na criação musical, que acaba relata os impactos do machismo em suas várias formas”, lembra Evelíny. 

“Contando nos Dedos”, de Viridiana é a próxima faixa da RS Music Play. A música foi criada a partir do desassossego da artista em meio ao caos do ano de 2020. Viridiana é o projeto artístico de Bê Smidt, de Porto Alegre, que mescla referências da canção brasileira com a música pop e eletrônica dançante, Viridiana canta sua vivência como pessoa trans, se camuflando nos sintetizadores e se descobrindo na voz. 

O encerramento da coletânea fica por conta do baile distópico da Zanzar. Misturando samba, swing e rock psicodélico, a banda tem uma sonoridade extremamente brasileira. Sara Nina (Voz), Bruno Muck (Guitarra), Guilherme Leon (Baixo), Guilherme Lopes (Bateria) e Kevin Brezolin (Guitarra & Vozes) trazem o  single “Amanhã” fala sobre a espera. A música fala sobre a constante fé coletiva no amanhã, sobre a busca eterna por estabilidade em um universo instável e sobre a esperança e a angústia da espera. 

No próximo sábado (12/12) às 19h30, as bandas apresentarão os single-clipes e farão showcases e entrevistas na programação.

Conferência RS Music LAB
7 a 13 de Dezembro
Pelo Youtube do @RSMusicLab

https://bit.ly/RSMusicLabYoutube 

Escrito por

Clique para comentar

Deixe uma resposta.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA MAIS

Museu do Hip Hop Museu do Hip Hop

MUSEU DO HIP HOP AVANÇA NO RIO GRANDE DO SUL

Novidade

Bloco da Laje Bloco da Laje

BLOCO DA LAJE LANÇA “TERREMOTO CLANDESTINO” COM ANIMAÇÃO

Lançamento

"sonhoRuim" "sonhoRuim"

O HYPERPUNK NO ”SONHORUIM” DE JOE IRENTE E RAFOUZA

Novidade

Tolentino Tolentino

Tolentino: Um artista do tipo que a gente não pode duvidar

Entrevista

S.O.M. — Sistema Operacional da Música — Desenvolvido por Mídia NINJA, Fora do Eixo e Hacker Space.

Siga!