Siga!

Lançamento

Seguir a Vida é o chamado de Babi Jaques e Lasserre num momento que coloca à prova nossas esperanças

Em nova fase duo nômade de Pernambuco estreia single e clipe na estrada

Já se foram mais de 150 dias vivendo na van que virou casa e palco, trabalhando no novo projeto que marca a transição dos artistas Babi Jaques e Thiago Lasserre. Tudo começou há quatro anos quando o casal, que já apresentou Coisa Nostra e Babi Jaques e os Sicilianos, decidiu se reinventar e construir uma nova sonoridade a partir das experiências vividas. A estreia traz o frescor da música brasileira com influências pernambucanas, latinas e africanas e é o prenúncio do trabalho que será apresentado ao longo do ano.

Seguir a Vida é a primeira faixa do álbum Sóis e vem com clipe feito com imagens do trajeto do casal até São Paulo, onde estão estacionados na Nave Coletiva. O momento é complicado, a começar pela importância de permanecer em casa, com isso Babi Jaques e Lasserre aproveitam o período de isolamento para se aproximar do público espalhado pelo Brasil através da internet. Apresentando o resultado do trabalho que mistura diferentes ritmos e instrumentos, com a primeira música que inspira esperança e resiliência.

Transmitindo uma mensagem que convida à reinvenção do cotidiano, seguindo a vida mesmo sem arredar o pé de casa. O amor é o fator principal, que nos faz pensar coletivamente e colorir a trilha que traçamos. Liberdade em meio à quarentena, oportunidade de estar mais perto de quem amamos e se preparar para o futuro que já não será mais o mesmo.

“Esse é nosso abraço em forma de um videoclipe construído com muito afeto com amigos e parceiros. São registros que fizemos entre agosto a dezembro de 2019 por Pernambuco, Ceará, Bahia, Minas Gerais e São Paulo. E nesse momento espero que inspire fé, esperança para seguir em frente”

Convidou Babi.

Assista o clipe:

Seguir a Vida reflete uma grande e complexa aventura pela dança dos astros. Para o duo, o zodíaco é um organismo vivo, inspirando arte e a tomada de decisões. As cartas estão postas no novo ano astral e o elemento é o fogo, que diz respeito à pulsão criativa, o coração com espírito viajante e o olhar otimista.

“A canção flerta com várias linguagens estéticas e musicais, passa por vários ritmos. Assim como o arquétipo de Sagitário, um viajante interessado nas diversas culturas,  Seguir a Vida se inspira em manifestações populares pernambucanas, música africana, rock in roll e música eletrônica”

Declara Lasserre.

A produção musical é assinada por Rogério Samico, o próprio Lasserre e conta com a participação de Guilherme Assis. O trabalho também leva os timbres dos músicos Amarelo e WellLeo D. ficou por conta da mixagem e Felipe Tichauer assinando a master. Já o clipe foi produzido com imagens feitas pelo casal e seus amigos Maíra Morena, João Flávio Neto e Camila Marques, com edição de Babi Jaques e contribuições da Mídia Ninja.

Os instrumentos de percussão, madeira, corda e sementes, trazem a ancestralidade musical dos rituais litúrgicos, um diálogo com a espiritualidade e com as discussões cosmológicas. A guitarra distorcida, os violões, a caixa e os instrumentos de metal, simbolizam o fogo, a voracidade, o espírito aventureiro. Os elementos eletrônicos digitais, beats, sintetizadores, refletem a ciência e a tecnologia como uma porta para o desconhecido, o mundo quântico.

Ouça a música:

SÓIS

O projeto conta com 12 faixas que serão apresentadas ao longo dos próximos meses. Todas as músicas são composições do duo e algumas parcerias com Juliano Holanda, Manuca Bandini e André Macambira. Cada canção é influenciada pelas casas astrais e seus signos e elementos (terra, ar, fogo e água). O conceito é a sincronicidade, a relação entre som e luz, a busca pelo autoconhecimento.

Quânticos

Além da carreira musical os artistas se dedicam à produtora Quânticos (quanticos.com), que produz desde músicas e vídeos a projetos de iluminação. Já prestou serviços para artistas como grupo Magiluth, Isaar, Lucas dos Prazeres, Samico, Raphael Costa e filmes como Onildo Almeida, Groove Man (Helder Lopes) e Encruzilhada dos trilhos (Wilson Freire).

_
Felipe Qualquer
contato@som.vc

Escrito por

Comente!

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA MAIS

Ciel e Radiola Serra Alta Ciel e Radiola Serra Alta

MAGIA E ENCANTAMENTO: CIEL E RADIOLA SERRA ALTA LANÇAM “TERRA”

Lançamento

Tagore Tagore

TAGORE ABRE AS PORTAS DE SEU NOVO UNIVERSO EM “MAYA”

Entrevista

Léo da Bodega lança Mixtape Léo da Bodega lança Mixtape

Léo da Bodega lança mixtape e mira expansão no audiovisual

Entrevista

Zé Manoel Do Meu Coração Nu Zé Manoel Do Meu Coração Nu

Zé Manoel reflete sobre negritude em disco: “Queria falar que a comunidade preta é muito diversa”

Entrevista

S.O.M. — Sistema Operacional da Música — Desenvolvido por Mídia NINJA, Fora do Eixo e Hacker Space.

Connect